NAVEGAR É PRECISO: AMAZÔNIA

A viagem para a Amazônia é uma imersão num cenário nativo e selvagem. Viver dentro do Parque do Jaú por alguns dias, navegando e caminhando em contato com a natureza e com os nativos é um movimento disruptivo. É vivenciar um mundo diferente dentro do seu próprio país. Esqueça internet: A experiência vai muito além das fotos e lembranças de nossas câmeras. Há todo um universo de novos entendimentos sobre a selva e o povo das águas para explorarmos, através de caminhadas pela mata, conversas e olhares. A verdade é que ir pra Amazônia é atravessar uma ponte entre 2 mundos distantes, o urbano-contemporâneo e o mundo esquecido da floresta.

Navegar pelo Rio Negro, remar, avistamentos de animais, encontro com comunidades locais, caminhadas pela mata e até mesmo dormir na floresta. O que não pode é ser brasileiro e não vivenciar essa experiência.

Melhor época: O cenário na Amazônia muda expressivamente ao longo do ano, por isso é muito importante entender como o nível dos rios vai interferir na sua experiência de viagem – tanto em atividades que você pode realizar quanto no seu contato com a natureza e com os animais da região. Abril a Setembro época cheia. De Outubro a Janeiro época baixa.
Clima: Amazônia está na altura do Equador. Esse ponto influencia expressivamente o clima na região, que é úmido e com temperaturas bem elevadas.
Como chegar: Vôos para Manaus.
Permanência:
Mínimo de 4 dias inteiros.
O que preciso ter na mala: clique aqui

Use o QR code que montamos juntos seu roteiro ideal 🙂